ComunidadeaBíblia.Net

 
Home Artigos Oratio, mediatio e tentatio

Oratio, mediatio e tentatio

>> Trajetória da Bíblia Sagrada no Brasil
>> A memória, o que traz esperança
>> A autoridade da ressurreição de Jesus Cristo
>> "Piercing" Liberdade ou Escravidão?
>> Deus, o primeiro programador!
Oratio, mediatio e tentatio são três princípios básicos para o estudo das Escrituras Sagradas: O oratio (oração), meditatio (meditação) e tentatio (provação).

É preciso começar com a oração, pois é Deus quem revela a palavra; Meditar significa ler e reler, buscando a compreenção do fato bíblico em si e não apenas a simples interpretação do texto; Já a provação remete a experimentar, ou seja, provar que é correta, verdadeira, doce, amável, confortadora e poderosa Palavra de Deus.
A teologia exige de cada um a capacidade de compreender, extrair e ensinar a Palavra de Deus conforme é exposta na Bíblia em sua totalidade.
 
Tal ensinamento deve estar centrado em Cristo, apresentando uma aplicação prática. Se o pregador não buscar uma aplicação prática para seu sermão não há fundamento nisto; cada pessoa que visita a igreja ou mesmo aquele que é membro efetivo deve buscar na palavra de Deus um manual para seu dia-a-dia e não apenas encontrar na bíblia um livro de histórias antigas.
 
A Bíblia deve estar no centro da pregação dos sermões, caso contrário terá apenas discursos sem fundamento e sem o principal que é a revelação de Deus para cada um.


App Caixinha de Promessas

 

Caixinha de Promessas

"Não seja envergonhado nenhum dos que em ti esperam; envergonhados sejam os que sem causa procedem traiçoeiramente." Salmos 25:3

[Inclua em seu site]



 


Publicidade