ComunidadeaBíblia.Net

 
Home Estudos Bíblicos Partidos político-religiosos da Palestina no tempo de Cristo

Partidos político-religiosos da Palestina no tempo de Cristo

>> A vontade de Deus para o homem - a perfeição de Deus e a limitação do homem
>> Intimidade
>> Sinais dos crentes
>> Revelações e expulsão de demônios são possíveis nos dias de hoje?
>> Coração quebrantado

Quem eram os Fariseus, Saduceus, Essênios, Zelotes, Zadoquitas e Herodianos?

Fariseus (os separados):
Era o partido mais influente e mais numeroso. A esta classe pertencia a maioria dos escribas, intérpretes profissionais da lei. Os fariseus eram severos na interpretação e cumprimento da lei de Moisés, e hostis às influências estrangeiras. 
Os fariseus, diferentemente dos saduceus, criam na ressurreição (Mt 22.23) e em anjos (At 23.8). Embora não ocupassem posições de maior autoridade como os saduceus, tinham o povo do seu lado, e por isso, na prática, tinham mais poder do que estes.

Saduceus (justos):
Eram a aristocracia rica, que ocupava as posições de autoridade secular; de suas fileiras eram escolhidos os sumo sacerdotes. Abertos à helenização, aceitavam a lei de Moisés, mas favoreciam uma interpretação mais frouxa da mesma, rejeitando as tradições dos escribas. Não acreditavam na providência de Deus (milagres), nem na imortalidade, nem na existência dos anjos.

Essênios:
Não são mencionados no NT. Sua existência ficou comprovada com a descoberta em 1947 dos Manuscritos do Mar Morto. O nome “essênio” vem de uma palavra hebraica que significa “pio”, “santo”. Praticavam um ascetismo e isolamento rigorosos, e se dedicavam a reproduzir os escritos do Velho Testamento e a fazer seus próprios comentários dos mesmos.

Zelotes:
Representavam o partido de extrema esquerda dos fariseus. Estavam mais interessados na política do que na religião, buscando a independência e autonomia da nação mais do que qualquer outra coisa. Segundo Josefo (Antiguidades 18:1), seu fundador foi Judas de Gamala (Judas, o galileu - At 5:37), que incitou os judeus a rebelar-se contra o império quando do censo para fins tributários em 6 a.C. (feito por Quirino, governador da Síria). Foram eles, até certo ponto, que precipitaram a guerra civil de 66 d.C., que resultou na destruição de Jerusalém. Eram fanáticos e sua facção mais extrema eram os sicários. O NT os menciona em Lc 6.15; At 1.13.

Zadoquitas:
Esse partido teve início mais de um século antes de Cristo, nos círculos do  sacerdócio judaico, através de um movimento reformista que visava avivamento religioso e correção das irregularidades no culto do templo. Eram chamados os “filhos de Zadoque”.  Messianistas fervorosos, aceitavam somente a palavra escrita (Lei, Profeta e Escritos), rejeitando a tradição oral dos rabis. É possível que muitos dos sacerdotes mencionados em At. 6:7 tenham sido zadoquitas.

Herodianos
Eram um partido quase que puramente político. Uniram-se aos fariseus em oposição a Cristo (Mt 22:15-16; Mc 3:6; 12:13).

Bibliografia
DOUGLAS, J.D., O Novo Dicionário da Bíblia, Ed. Vida Nova, 2 vols., 1.984. 
TIDWELL, J. B., Visão Panorâmica da Bíblia, , Ed. Vida Nova. 1991. 
MONEY, Netta K., Geografia Histórica do Mundo Bíblico, Ed. Vida, 1.998.

 



App Caixinha de Promessas

 

Caixinha de Promessas

"cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé; tendo o coração purificado da má consciência, e o corpo lavado com água limpa," Hebreus 10:22

[Inclua em seu site]



 


Publicidade