ComunidadeaBíblia.Net

 
Home Estudos Bíblicos Batismo do Cristão

Batismo do Cristão

>> A importância do Batismo
>> Santa Doutrina, qual é?
>> Oração do cristão; tem jeito certo de orar?
>> A Crucificação de Cristo, a partir de um ponto de vista médico
>> As 10 pragas do Egito, ou os 10 deuses do Egito?

Quanto ao ato do batismo (mais propriamente dito) acredito ser desnecessário qualquer tipo de explicação, visto que é muito comum em nossos dias e mesmo em nossa história.

Em todas as formas de religião existe algum tipo de ritual de iniciação, algum tipo de solenidade em que é recebido o novo integrante daquela organização religiosa. No cristianismo reformado, o batismo também representa esta solenidade de iniciação; ela é a festa, e o ato que recebe os novos cristãos em comunhão com a igreja local e corpo de Cristo.

Cabe ressaltar que no catolicismo o batismo é feito ainda enquanto criança, afim de garantir a salvação do mesmo. Para isto é necessário (mais tarde) a catequese, que tem por objetivo ensinar a doutrina católica mais propriamente dita. Já nas igrejas reformadas (protestantes ou evangélicas) o batismo tem sinônimo de conversão, de arrependimento, portanto é feito em pessoas que já tem plena consciência, e é capaz de entender o significado de conversão e arrependimento.

O batismo então é praticado de forma voluntária e tem o reconhecimento (por parte do batizando) da sua condição de pecador e o reconhecimento do sacrifício de Jesus no calvário para sua salvação. Conforme Atos capitulo 8

35. Então, Filipe, abrindo a boca e começando nesta Escritura, lhe anunciou a Jesus.

(...)

38. E mandou parar o carro, e desceram ambos à água, tanto Filipe como o eunuco, e o batizou.

A partir deste precedente bíblico podemos ver claramente como o batismo deve ser praticado. O eunuco foi instruído na palavra, depois que reconheceu foi batizado. É possível portanto, determinar que o batismo católico é nulo, visto que não encontra fundamento nas escrituras.

A importância do Batismo

A seriedade e importância inquestionável do batismo está claramente defendida na bíblia quando aprendemos sobre o batismo de Jesus. O filho de Deus, que se fez carne, e agora era homem, com o propósito de livrar a humanidade do pecado, estava diante de João Batista com o propósito de ser batizado.

Então, veio Jesus da Galiléia ter com João junto do Jordão, para ser batizado por ele.

Mas João opunha-se-lhe, dizendo: Eu careço de ser batizado por ti, e vens tu a mim?

Jesus, porém, respondendo, disse-lhe: Deixa por agora, porque assim nos convém cumprir toda a justiça. Então, ele o permitiu.” Mateus 3:13-15

O próprio João Batista, num primeiro momento, não compreendeu a importância, e disse que ele (João Batista) era quem deveria ser batizado por Jesus. Em seguida Jesus explica que a justiça deve ser cumprida. O batismo de Jesus pode ser compreendido de várias formas, ou, em outras palavras, pode-se extrair diversos valores deste ato.

Entre estes significados o maior deles é compreender a importância inquestionável do batismo para todos nós. Quando Jesus procurou João Batista para ser batizado, ele não somente deu apoio ao ministério de João Batista como também deu exemplo a todos nós de que devemos ser batizados. Lembro que Jesus foi batizado na idade adulta e não quando criança, o que elimina o argumento católico romano quanto ao batismo de crianças.

O batismo de Jesus não era para remissão dos pecados, visto que Jesus não tinha pecado, portanto o batismo de Jesus reclamava seu caráter de sacerdote e reivindicava a autoridade sacerdotal de Jesus sobre a humanidade. O batismo de Jesus representa então a cerimonia de consagração dos sacerdotes em Êxodo 29:4-7.

No verso 16, a representação do Espírito de Deus descendo como uma pomba sobre Jesus é a conformação da presença do Espírito sobre Jesus, sobre o qual Ele foi concebido e o poder pelo qual operava milagres.

Para nós o batismo (entre outros significados) é a remissão dos nosso pecados, o recebimento da salvação por Jesus e o recebimento do Espírito Santo em nossas vidas.



App Caixinha de Promessas

 

Caixinha de Promessas

"Na minha angústia invoquei o Senhor, sim, clamei ao meu Deus; do seu templo ouviu ele a minha voz; o clamor que eu lhe fiz chegou aos seus ouvidos." Salmos 18:6

[Inclua em seu site]



 


Publicidade